As fotos deste Blog são de mérito de quem as tirou. O crédito mencionado a cada foto é de quem possui cópias ou até mesmo as originais.

16 outubro 2015

Companhia Têxtil Bernardo Mascarenhas, em janeiro de 1965 (foto autoria de Jorge Couri).

A Companhia Têxtil Bernardo Mascarenhas foi uma fábrica de tecidos fundada em Juiz de Fora em maio de 1888 por Bernardo Mascarenhas. As inovações implementadas pelo empreendimento, como uso de energia elétrica e emprego de mão-de-obra imigrante, formaram um aspecto determinante do progresso industrial da cidade.  A fábrica encerrou suas atividades em janeiro de 1984, deixando como patrimônio sua sede, que foi utilizada para pagamento de dívidas junto ao governo. O imóvel manteve-se fechado até que a Prefeitura de Juiz de Fora assumiu sua gestão, instalando ali, com o passar dos anos, o Mercado Municipal, um Centro Cultural e a Biblioteca Municipal Murilo Mendes, entre outros (texto:Wikipédia).


6 comentários:

  1. Minha mãe foi operária nesta fabrica na década de 40 e meu avo leva o almoço de vários funcionários desta fabrica

    ResponderExcluir
  2. ... instalando ali, com o passar dos anos, ...

    ResponderExcluir
  3. O Centro Cultural Bernardo Mascarenhas é um belo e útil patrimônio de Juiz de Fora, enaltecendo o nome de seu fundador e da cidade.

    ResponderExcluir
  4. Se você desejar, e eu penso que deveria, o nome da Biblioteca Municipal é Murilo Mendes ( em homenagem ao ilustre poeta de Juiz de Fora ).

    ResponderExcluir
  5. Marcelo: Coloque um ponto final após "outros" e elimine o ponto final após (texto:Wikipédia).

    ResponderExcluir
  6. Pelo empreendedorismo Bernardo Mascarenhas foi chamado "Mauá de Minas".Justa menção a Barão de Mauá,"Salvador do Brasil" invejado pelo imperador, trouxe o progresso quando o Brasil mais ansiava.
    Marcos Ribeiro

    ResponderExcluir