As fotos deste Blog são de mérito de quem as tirou. O crédito mencionado a cada foto é de quem possui cópias ou até mesmo as originais.

16 janeiro 2012

Avenida Raul Soares, demolição de seus casarões, em 02 de fevereiro de 1969 (arquivo do Blog Maria do Resguardo).

 

 Esta avenida ficou "mal vista" na cidade, devido a prostituição e barracos construídos no local. Este fato culminou com a demolição das edificações e o fim da avenida. A av. Raul Soares então tornou- se parte da av. Brasil. Trecho que corresponde desde o atual prédio da prefeitura até a ponte Carlos Otto.

2 comentários:

  1. Esta via pertenceu a uma das áreas de maior movimento e importância de Juiz de Fora na primeira metade do século XX. Nos tempos da Estrada de Ferro Leopoldina, era o acesso à estação dessa ferrovia, hoje Museu Ferroviário (observe, na segunda foto, a cancela da passagem de nível da Rua Halfeld, a ponte Arthur Bernardes e o morro de São Bernardo, ao fundo). Pode-se imaginar a grande movimentação diária de cargas e passageiros nessa área, tanto da Leopoldina, quanto, principalmente, da Estrada de Ferro Central do Brasil, com sua estação com entrada pelo outro lado, ou seja, na Praça Dr. João Penido, ou, popularmente, praça da Estação.

    ResponderExcluir
  2. Para maior crédito aos políticos e homens públicos registremos as prostitutas no mesmo nível das senhoras mães desses senhores e salvemos as construções de relevância histórica.,

    ResponderExcluir