As fotos deste Blog são de mérito de quem as tirou. O crédito mencionado a cada foto é de quem possui cópias ou até mesmo as originais.

sábado, 19 de setembro de 2015

Antiga Igreja da Glória, Av. dos Andradas, sem data (arquivo do Blog Maria do Resguardo).

No dia 12 de abril de 1923, enquanto a nova igreja já estava quase toda construída, um incêndio destruiu completamente esta velha capela.

8 comentários:

  1. "No dia 12 de abril de 1923, quando já quase pronta a nova, aconteceu o incêndio que destruiu a velha igreja. O alarme foi dado por um rondante da Cervejaria Americana. Ao toque dos sinos acorreu muita gente para ajudar a apagar o fogo; foi chamado o corpo de bombeiros; o prefeito, Dr. José Mariano Procópio, acionou a polícia e tomou outras providências.
    Não foi possível impedir a total destruição da igreja; salvaram-se apenas as imagens. Não houve uma explicação concludente para as causas do incêndio. Falou-se em velas deixadas acesas por ladrões que, dias antes, já tinham roubado o cofre da igreja."
    http://www.paroquiadagloria.org.br/?pagina=historia

    ResponderExcluir
  2. Marcelo: Não se sabe se o incêndio foi proposital. Sendo assim, eu digitaria " No dia 12 de abril de 1923, aconteceu um incêndio que destruiu completamente esta igreja e, em seu lugar, foi construída uma nova logo em seguida. " Angelo.

    ResponderExcluir
  3. " No dia 12 de abril de 1923, um incêndio destruiu completamente esta velha igreja, quando a nova capela já estava quase pronta. " Angelo.

    ResponderExcluir
  4. " No dia 12 de abril de 1923, enquanto a nova igreja já estava quase toda construída, um incêndio destruiu completamente esta velha capela." Angelo.

    ResponderExcluir
  5. Caro Marcelo: Do jeito que você digitou, dá a impressão que o incêndio foi criminoso,e até hoje não se sabe a causa do mesmo. Por que você não redigita como uma das três sugestões que sugeri a você? Angelo.

    ResponderExcluir
  6. Marcelo: Eu gostaria muito que você atendesse a uma das minhas sugestões a respeito desta igreja, haja vista eu ser o seu revisor ortográfico e, cabe a mim, aperfeiçoar, corrigir e melhorar os dizeres que são digitados em um blog da importância do Maria do Resguardo. Um abraço do amigo Angelo Creston.

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigado pela ajuda, estou sem tempo, quase não paro em Juiz de Fora, desculpe pela demora.
    "Eles precisavam demolir a Capela mas não tiveram autorização e do nada ela pegou fogo". Comentários na época "colocaram fogo na Capela".

    ResponderExcluir
  8. Agora o que você digitou ficou excelente. Angelo.

    ResponderExcluir